terça-feira, 3 de junho de 2008

Eu estou aqui, ao pé de ti!

Não é por ser hoje, é por seres tu. Porque apesar de seres pequenina tens a força de um gigante, a sabedoria de um deus, a sensibilidade de um poeta e toda a doçura (às vezes escondida) do mundo. Porque uma conversa de situação levou a milhentas mais, porque uma paixão comum nos fez construir esta amizade, e porque te sinto como uma irmã mais nova e tendo a cair na tentação (que tu odeias, eu sei) de te querer proteger. Porque não quero que alguma vez duvides da tua importância e apenas porque sim, hoje escrevi para ti. E não penses que é por ser hoje, não, é por seres tu!

1 comentário:

ritainesferreira disse...

Obrigado! (se dissesse muito mais, deixava de ser eu)
Confesso, quando li o titulo não quis ler o post, por uma unica razão... o momento em que me o mostraram, sabes que odeio público, e naquele momento tinha muito, li com os olhos e não com aquilo que devia ter lido naquele momento, esperei até agora para ler como queria e responder, mas sabes? Ainda bem!

Beijinhos, e... a sério que sim!