quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

E o sol espreita...

Nos momentos de dúvida, em que tudo se questiona, em que o cepticismo se instala, em que as cores se esbatem com a chuva e em que a cabeça cansada não consegue ir mais além. Em que se "confirma" uma realidade bem mais absurda do que aquela que surgia na imaginação mais audaz; em que nem escolhas, nem decisões, nem lutas parecem fazer sentido. Há meninos de 15 anos que nos escrevem emails assim:
Obrigado :)
Quem não veio as provas tanto orais como escritas, foi porque não quis, porque informação não faltou: nas aulas, no blogue, um e-mail... Obrigado também pela lista dos verbos, estás em tudo. Duvidei em responder o e-mail mas pensei que gostarias do meu agradecimento, além disso que é o mínimo depois do teu trabalho.
Assim, é normal que goste imenso de estudar a tua língua :)
Cumprimentos, XXX.
PD: as provas não foram tão dramaticas... Foram para mim, que sou novo e inexperto, tentarei fazê-las melhor em junho e passar ao 2ºNI ;) [sic]

5 comentários:

Jessica disse...

:)

Que delícia de e-mail! Não é meu aluno, mas até a mim me enche de sorrisos, imagino como te terá enchido a ti a alma.

mafaldinha disse...

Sim, é muito lindo este menino! :)

T disse...

Só pode ser porque a senhora professora merece! Que miminho delicioso.

mafaldinha disse...

Não me faças corar, vá!

Álvaro disse...

Sim, esse menino tem de ser muito inteligente porque soube valorizar à sua professora,né? se eu fosse a ele...até aparecia por cá, que inveja de menino! jajajaajaj