domingo, 17 de fevereiro de 2013

Stating the obvious

Eu - Viste o filme que fizeram do Anna Karenina?
Ele - Não. Isso é um livro de um russo, não é?
Eu - Sim.
Ele - Pois, eu não gosto muito de Dostoyevsky e esses escritores russos todos, tipo Nietzsche.

Estava-se mesmo a ver que isto nunca poderia resultar.

4 comentários:

mafaldinha disse...

LOLOLOL Acho que o Nietzsche escrevia umas coisas maravilhosas em russo, o problema é que os alemães não o entendiam ;)

Jessica disse...

LOL
O que é que me passou pela cabeça para me interessar por uma pessoa que não sabe quem é Kant e nunca ouviu falar em imperativos categóricos? Está claro que ele nunca poderia achar boa a filosofia em folclore do RAP. Falha grave...

Mafaldinha disse...

Tens toda a razão, amiga ;) às vezes temos cada coisa ;)

Miau disse...

Isso faz-me lembrar um tipo que conheci e que me disse que a Rússia era uma cidade Alemã .